Ácido lático

Por dentro dos nossos Produtos

Ácido lático

chrono Tempo de leitura : 0 min.

O que é o ácido lático ?

O ácido lático é um ácido orgânico da família dos AHA (alfa-hidroxiácidos), que se encontra no seu estado natural no leite, em algumas frutas e legumes (como o tomate ou a goiaba) e igualmente no vinho. Desempenha um papel em diversos processos bioquímicos do organismo humano.

Para identificá-lo nos nossos produtos, consulte a lista de ingredientes na embalagem. Pode ser encontrado com o nome LACTIC ACID.

Qual a sua origem?

O ácido lático que nós utilizamos é de origem natural. Tem um bom perfil ambiental e é biodegradável. O seu processo de fabricação está em conformidade com os princípios da química verde*. Resulta da fermentação do açúcar (beterraba, cana-de-açúcar e milho).

*Processo que utiliza um mínimo de energia e de água, e gera um mínimo de resíduos

Para que é utilizado?

O ácido lático é utilizado na indústria alimentar como aditivo enquanto acidificante e intensificador de sabor. As suas propriedades antibacterianas fazem dele um ingrediente de eleição na indústria dos detergentes. É utilizado nos cosméticos para ajustar o pH da fórmula, e pelas suas propriedades hidratantes e esfoliantes. É utilizado em alguns produtos cosméticos em associação com outros AHA, como o ácido glicólico.

  • Ajustador do pH

  • Hidratação

  • Esfoliação e luminosidade da tez

Quais são os seus benefícios?

O ácido lático permite esfoliar suavemente a pele. Favorece a hidratação, a remoção das células mortas e a renovação celular. Ajuda a suavizar e a reter a humidade da pele, e a proporcionar luminosidade. Permite igualmente conservar o pH da flora cutânea. É também conhecido por fortalecer o cabelo.

Os factos :

  • Devido à sua natureza e ao seu envolvimento nos processos bioquímicos, o ácido lático é um regulador de pH das fórmulas.
  • Um estudo demonstra que os AHA, como o ácido lático, o ácido cítrico ou o ácido glicólico, ajudam a melhorar os sinais de envelhecimento cutâneo : luminosidade da tez e redução das rugas, graças às suas propriedades queratolíticas (esfoliação). Para saber mais sobre sobre esse tema, pode consultar o seguinte artigo : Gougerot-Schwartz A. « Alpha-hydroxy-acides et vieillissement cutané » Encyl Méd Chir, Cosmétologie et Dermatologie esthétique, 50-160-C-12, 7 p. 2000
  • É reconhecido que o ácido lático favorece a hidratação da pele.
  • Está demonstrado na literatura que o ácido lático reforça a fibra capilar. Com efeito, ele permite, nomeadamente, aumentar a resistência dos cabelos descoloridos (descolorados, PT).

Que utilizações tem nos nossos produtos?

Text block 5

Utilizamos ácido lático como ajustador do pH nos nossos produtos de higiene, como os produtos de higiene íntima, os géis de duche e os shampoos.

Utilizamo-lo pelas suas propriedades de esfoliação suave nos produtos de limpeza para o rosto e em alguns produtos de peeling. Para esse tipo de produtos, é recomendado seguir as precauções de utilização presentes na embalagem, tais como não se expor ao sol e utilizar um produto com proteção solar. A utilização do ácido lático é adequada para as peles sensíveis. Como todos os nossos produtos, aqueles que têm ácido lático na sua composição são alvo de uma rigorosa avaliação da sua qualidade e segurança.

Os AHA são regulamentados (concentrações na fórmula e pH da fórmula) em diferentes regiões do mundo, como o Canadá, Taiwan, a China, os países da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático), o Brasil e o México. Para além disso, são igualmente alvo de recomendações locais noutros países, como os Estados Unidos. Com efeito, nos Estados Unidos, alguns produtos contendo AHA têm que ter uma rotulagem especial mencionando a presença de AHA na fórmula e as precauções de utilização que lhes estão associadas. Os nossos produtos estão em conformidade com as exigências regulatórias (regulamentares, PT) aplicadas em cada país onde são comercializados.

Descubra

Os ativos

Os ativos são ingredientes que atuam na pele e no cabelo e cuja ação foi comprovada por diversos tipos de estudos. Podem ser de origem natural, sintética ou química.

 
  • Ácido Hialuronico

    Ver mais
  • Ácido salicílico

    Ver mais
  • Aloe vera

    Ver mais
  • Cânhamo

    Ver mais
  • Glicerina

    Ver mais
  • Manteiga de Karité

    Ver mais
  • Mel

    Ver mais
  • Mica

    Ver mais
  • Nanopartículas

    Ver mais
  • O Alcool em cosméticos

    Ver mais
  • Óleo de abacate

    Ver mais
  • Óleo de Argan (Argão, PT)

    Ver mais
  • Óleo de coco

    Ver mais
  • Óleo de palma

    Ver mais
  • Óleos essenciais

    Ver mais
  • Óleos minerais

    Ver mais
  • Pantenol

    Ver mais
  • Retinol

    Ver mais
  • Sais de alumínio

    Ver mais
  • Silicones

    Ver mais
  • Talco

    Ver mais
  • Vitamina C

    Ver mais